We use our own and third-party cookies to improve browsing and provide content of interest.

In continuing we understand that you accept our Cookies Policy. You can modify the cookies storage options in your browser. Learn more

I understand

Artigos destacados

Carros elétricos: Moda, tendência ou realidade?

ligado .

Tendemos a pensar que os carros elétricos pressupõem uma tecnologia disruptiva

Acreditamos que se trata de uma mudança radical na mobilidade, mas realmente os primeiros carros elétricos já apareceram no princípio do século XIX (1832/1839), naquele momento já se falava de que eram carros sem ruído, sem odor (como deviam ser os carros de combustão daquela época), e já se falava da importância da autonomia, e no início do século XX conseguiram evoluir com a possibilidade de percorrer distâncias a 100 milhas.

Carros elétricos: Moda, tendência ou realidade?No entanto, naquele momento apareceu o Coronel Drake, com os seus poços de petróleo nos Estados Unidos, e também Henry Ford, como seu Fort T, o primeiro carro a combustão fabricado numa cadeia de montagem em série, e a primeira grande batalha entre o carro elétrico e o de combustão ganhou a este último.

No entanto, agora, no século XXI a situação é muito diferente. A dificuldade que pressupõe dispor de combustíveis fósseis, a legislação a nível mundial que promove a mobilidade elétrica (a Europa implementou regulamentos “agressivos” na redução do efeito de estufa de modo a cumprir com o Acordo Climático de Paris) e, sobretudo, os graves problemas de contaminação em todo o mundo, fazem com que o veículo elétrico seja um elemento chave dentro da transformação da sociedade para uma consciência mais responsável com os problemas do meio ambiente.

Se fazemos referência aos futuros utilizadores potenciais dos veículos elétricos existem duas grandes preocupações, a primeira, o custo de um VE, e a segunda, a disponibilidade de pontos de carregamento na via pública, o que se conhece como carregamento de emergência.

Recentemente, Erik Jonnaert, o secretário-geral da ACEA, (Associação Europeia de Fabricantes de Automóveis) publicou um artigo no qual explicava que o setor automóvel vive um dos maiores períodos de transformação da sua história, o que pressuporá que “em três anos, o carro elétrico custará tanto como o carro convencional”.

Carros elétricos: Moda, tendência ou realidade?Carros elétricos, moda, tendência ou realidade? Relativamente à disponibilidade de pontos de carregamento na via pública, foi publicado um artigo no qual se faz referência ao facto de atualmente existirem, na União Europeia, 100 000 pontos de carregamento e prevê-se que em 2025 este número será multiplicado por 20 até chegar aos 2 milhões de estações.

Para contribuir para o alcance deste objetivo ao longo destes últimos dez anos, a Circutor, empresa espanhola e pioneira a nível europeu, esteve a trabalhar para oferecer soluções de carregamento para cada uma das necessidades que podem ter os utilizadores de veículo elétrico, tanto na via pública com equipamentos de corrente contínua (carregamento rápido) como em utilização privada (carregamento vinculado) com equipamentos de corrente alternada (carregamento lento).

CARREGAMENTO VINCULADO

Trata-se de um carregamento lento, de corrente alternada (desde 3,7 kW até 22 kW modelos eHome e eNext da Circutor), que estaria associada ao lugar de estacionamento do nosso carro. O principal objetivo deste tipo de carregamento é aproveitar o período noturno, no qual a maioria dos utilizadores têm o carro estacionado, para poder realizar um carregamento num período de entre 6 e 8 horas, nas quais a potência necessária poderia ser a libertada na nossa vivenda no período noturno, e que poderia estar associada a uma tarifa elétrica de muito baixo custo.

Carros elétricos: Moda, tendência ou realidade?

CARREGAMENTO NA VIA PÚBLICA

Na via pública existem dois tipos de soluções, a semirrápida que é a que podemos encontrar em centros comerciais e hotéis. Este seria um carregamento de corrente alternada com uma potência máxima de 22 kW (Modelo URBAN da Circutor).

A segunda solução seria a rápida, a qual está pensada para as estações de serviço que oferecem carregamento elétrico, as conhecidas estações de carregamento de veículos elétrics. Neste caso, o carregamento é realizado com corrente contínua (50/150 kW Modelo Raption da Circutor) e o tempo necessário deve ser o mais curto possível, no máximo de 30 minutos.

Carros elétricos: Moda, tendência ou realidade?

A combinação e implementação dos diferentes tipos de carregamento começam a garantir ao utilizador poder fazer deslocações em Veículos Elétricos com as mesmas garantias de autonomia que oferecem hoje os Veículos de combustão, mas desfrutando de uma nova experiência de condução e, o mais importante, respeitando o meio ambiente e tornando sustentável o futuro das nossas próximas gerações.

A iminente implementação de pontos de carregamento, vinculado à aposta dos grandes fabricantes de automóveis e somado à cada vez maior concentração da cidadania não deixam qualquer dúvida e permite-nos assentir, de forma contundente, que o Veículo Elétrico não é uma moda ou tendência passageira, mas sim uma realidade e aposta global, que está a mudar e vai mudar de forma radical o nosso atual modelo de mobilidade.

Carros elétricos: Moda, tendência ou realidade?

circutor32x32

Contacto

CIRCUTOR, SA
Vial Sant Jordi s/n, 08232
Viladecavalls (Barcelona) Spain
Tel: (+34) 93 745 29 00
Fax (+34) 93 745 29 14

Serviço de Assistência Técnica

(+34) 93 745 29 19

SAT